A Amazônia que não conhecemos e o nosso apoio

1384328_539070742837868_995467731_nO artigo de autoria do Pe. Giovanni Battaglia, fidei Donum e Assessor COMIDI de ourinhos: “A Amazonia que nao conhecemos” publicado pela revista Missões em março de 2012 voltou a ser de grande atualidade nestes dias do I Congresso da Amazônia Legal, (28 a 31 de outubro), em Manaus, reunindo representantes de seis regionais da Conferência Episcopal Brasileira. A Comissão Episcopal para a Amazônia, presidida pelo Cardeal Cláudio Hummes, incentivada pelas palavras do Papa Francisco no Brasil, decidiu realizar um grande encontro em Manaus, em outubro deste ano.

A ideia nasceu quando o Papa, em encontro com os bispos brasileiros, durante a JMJ no Rio, disse que “a Amazônia é um teste decisivo, um banco de prova para a Igreja e a sociedade brasileiras”.

Além de um grande desafio pastoral para a Igreja brasileira, para o Papa, a Amazônia, sua biodiversidade e populações nativas devem ser tuteladas. Francisco reiterou que a obra da Igreja deve ser mais incentivada e relançada: “Faltam formadores qualificados, especialmente formadores e professores de teologia, para consolidar os resultados alcançados no campo da formação de um clero autóctone, inclusive para se ter sacerdotes adaptados às condições locais e consolidar por assim dizer o ‘rosto amazônico’ da Igreja. Nisto lhes peço, por favor, para serem corajosos”.

Em recente encontro em Brasília, a Comissão decidiu organizar o I Congresso da Amazônia Legal, de 28 a 31 de outubro, em Manaus, reunindo representantes de seis regionais da Conferência Episcopal Brasileira.

“Esta será a primeira vez que um congresso reunirá bispos, coordenadores pastorais, leigos, institutos e hóspedes de toda a Amazônia Legal, para que juntos possamos debater e planejar os projetos de 2014”, explica Irmã Irene Lopes, assessora de imprensa da Comissão.

Já em 2007, durante a V Conferência do Episcopado Latino-americano e do Caribe, em Aparecida, o então Papa Bento XVI reiterou a importância da Igreja brasileira defender a Amazônia. Naquela ocasião, o Pontífice fez uma doação de 200 mil dólares à Comissão Episcopal para a Amazônia.

* leia tambèm http://www.zenit.org/pt/articles/400-anos-de-evangelizacao-na-amazonia

 

Anúncios