“Jesus foi expulso de sua própria cidade!”

LITURGIA  –  4º DOMINBGO COMUM.

03.02.2013.

 

1.Introdução.

   Os verdadeiros profetas nunca são aceitos, nem mesmo em sua própria cidade! Jeremias, eleito profeta por Deus antes mesmo de nascer, foi perseguido até a morte. Jesus, o Profeta do Pai, não teve outra sorte! Foi rejeitado por sua própria cidade, Nazaré. Mas Ele foi fiel `sua missão até  a morte na Cruz! Mas o Pai o ressuscitou!

   As trevas sentem-se mal perante a luz! Precisam apagá-la para continuar praticando o mal. Ninguém gosta de ser contestado em seu projeto ou interesse pessoal! Mas os poderosos e os injustos são como bois gordos encaminhados para o açougue (Sl 49).Deus não quer a morte do pecador, mas sua justiça pode tardar, porém, nãoi falha.

   Quem são os profetas enviados por Deus em nossa comunidade e para nosso tempo? Você conhece alguém, marcado com os sinais de Deus [para exercer a profecia em nosso tempo e em nossa comunidade?

2.Palavra de Deus.

   Jr 1,4-5.17-19 – Jeremias foi designado para o ministério profético antes mesmo de nascer. Precisou renunciar a seu projeto pessoal de vida e dedicar-se à profecia, aparecendo como um homem incômodo, mas fiel à sua missão. A fidelidade do profeta Jeremias é admirável e iluminadora.

   1Co 12,31-13,4-13 – A Comunidade de Corinto é rica em dons e seus portadores se vangloriam por isso e se julgam superiores aos demais irmãos; por isso, Paulo recorda que os dons são presentes do Espírito e o dom da caridade é superior a todos os dons. Quem se reveste de um amor humilde e serviçal é rico e modelo para toda a Comunidade.

   Lc 4,21-30 – O evangelista Lucas garante que Jesus esteve por diversas vezes em sua cidade, mas não se deixou ensinar por Ele. Ela o prendeu e procurou jogá-lo do alto de um precipício, mas ele escapou calmamente de suas mãos, pois, ainda não havia chegado a sua hora fatal!

3.Reflexão

  • Na História do Povo de Israel, quando aparece a corrupção social e a exploração dos pobres, então, surgem os profetas. O profeta é o mensageiro de Deus em tempos difíceis. Tempos difíceis são os nossos, mas onde estão os profetas na Igreja e na Sociedade? Deus foi exilado de nosso mundo, por isso, fomos deixando abandonados à nossa própria sorte e escolhas?
  • Deus é a força do profeta em sua difícil e exigente missão de anunciar a Palavra de Deus. Por isso, não há verdadeiro profeta sem uma profunda e pessoal experiência de Deus! Há quem se julgue profeta em nosso tempo, mas falta-lhe o essencial: a experiência de Deus. Deus é a força do profeta.
  • Jesus é apaixonado pelo Projeto do Pai; quer liberdade para os prisioneiros, pão para os famintos, a saúde para os enfermos e culto purificado no templo. O Projeto do Pai inviabiliza o projeto dos poderosos! No jogo da vida, eles ganham o primeiro tempo, mas no segundo Deus entra em campo e fará, com certeza, justiça para seus pobres, pois Ele é fiel à sua Palavra!
  • Nessa vida tudo é passageiro, inclusive, as próprias virtudes! Apenas a caridade é imortal! Se você amar de verdade, terá, em si mesmo, a vida divina e eterna.

Frei Carlos Zagonel.

Anúncios