Ramos: palmeiras ou oliveiras ?

O Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor abre solenemente a Semana Santa com a entrada de Jesus em Jerusalém. Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras, de oliveiras ou de outras arvores.

Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira (mais comum no Oriente Médio e na Europa do Sul) ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Ramos de oliveiras desde antiguidade foram símbolos da paz. Jesus foi acolhido em Jerusalém como Rei da paz. No mesmo tempo a oliveira é símbolo da paixão de Jesus (horta da Oliveira). A palmeira desde os primeiros séculos do Cristianismo virou símbolo da vitoria dos Mártires sobre a morte, por isso se encontra esculpido nas catacumbas e nos túmulos.  Nas pinturas das antigas basílicas bizantinas aparecem procissões de mártires com ramos de palmeiras nas mãos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Segundo os Evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos. Entrou na cidade como um Rei, mas sentado num jumentinho – o símbolo da humildade – e foi aclamado pela população como o Messias, o Rei de Israel. A multidão o aclamava: “Hosana ao Filho de Davi!” Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo.

A celebração do Domingo de Ramos começa em uma capela ou igreja afastada de onde será rezada a Missa. A Comunidade de Salto Grande tem costume de iniciar perto de um lugar publico escolhido cada ano relacionado a CF. Por isso Ramos 2012 vá ter inicio em frente a Santa Casa com relação a Campanha  fraternidade e Saúde Pública. Os ramos que os fiéis levam consigo são abençoados pelo sacerdote celebrante com as palavras seguintes: Deus eterno e todo-poderoso, abençoai + estes ramos, para que, seguindo com alegria o Cristo, nosso Rei, cheguemos por ele à eterna Jerusalém..  A Comemoração continua com a proclamação do Evangelho da entrada de Jesus em Jerusalém, e logo  o celebrante convida dar inicio a procissão: Meus irmaos, imitando o povo que aclamou Jesus, comecemos com alegria a nossa procissão. Durante a procissão rumo a igreja matriz, o coro e os fieis entoam cânticos entre os cuais o Salmo 23 com a antífona: Os filhos dos hebreus com ramos de oliveira correram ao encontro do Cristo que chegava; cantavam: Hosana nas alturas. Ao chegar a matriz, onde será celebrada a missa solene, a festa muda de caráter, passando a celebrar a Paixão de Cristo. É narrado o Evangelho da Paixão, e segue a Liturgia Eucarística como de costume.

O sentido da festa do Domingo de Ramos: tratar tanto da entrada triunfal de Cristo em Jerusalém, e depois recordar sua Paixão, é que essas duas datas estão extrinsecamente unidas. A Igreja recorda que o mesmo Cristo que foi aclamado como Rei pela multidão no Domingo, é cruficidado sob o pedido da mesma multidão na Sexta. Assim, o Domingo de Ramos é também a solene abertura da Semana Santa,.

As vestes sagradas tem por finalidade exprimir externamente de modo mais eficaz, por um lado, o caráter peculiar dos mistérios da fé que se celebram e, por outro, o sentido progressivo da vida cristã ao longo do ano litúrgico. No Domingo da Paixão usa-se a cor vermelha que é a cor do Amor e do Martírio.

2 opiniões sobre “Ramos: palmeiras ou oliveiras ?

    • Para a católica Maria dos Remédios Cruz Costa, o ramo simboliza a chegada de Jesus e a entrada em seu lar. “Carregar o ramo abençoado é levar Jesus para dentro da minha casa e abençoá-la. Não deixo de assistir essa missa. Para mim é como se Jesus estivesse chegando de novo”, diz a aposentada.

      Durante a missa, os ramos são abençoados e os féis os levam para casa, como símbolo de proteção. “Eu não perco essa missa que é o início da paixão de Cristo. E sempre levo meu ramo abençoado. Na minha família é tradição”, comenta Ana Luzia Araújo Pinto, dona de casa.
      – Pode tb queimar e guardar as cincas … ou se o ramo é grande deixar so um pedacinho e queimar outra parte… lembrando a Pascoa 2012! A palmeira é simbolo da vitoria e dos martires.. lembrete da missão e fielidade no dia dia!
      Pe. Giovanni

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s